top of page
Buscar
  • Foto do escritorcarvalhoagenciacultural

Setembro inicia com mais uma edição do Instrumental no Parque

Atualizado: 30 de ago. de 2023

Três shows gratuitos compõem a programação deste domingo


Mas uma edição do tradicional ‘Instrumental no Parque’ será realizada no dia 3 de setembro, domingo, a partir das 14h30, no Parque Municipal Antônio Molinari em Poços de Caldas, para promoção e valorização da música instrumental nos seus inúmeros gêneros e estilos, com interpretações diferenciadas das atrações convidadas.


Na programação, o curador e baterista Eduardo Sueitt convida os músicos Pablo Lapidusas (piano) e Raphael Du Valle (baixo) para uma apresentação especial. Lapidusas é pianista, compositor, produtor e Professor (Argentina/Brasil), bacharel em música pela Unicamp e com mestrado em Performance Jazzística na Escola Superior de Música de Lisboa, radicado em a Portugal há 20 anos, tem um trabalho reconhecido nacional e internacionalmente, com passagem por grandes festivais ao redor do mundo, e traz para nossa ação o seu trabalho autoral e outras referências da música instrumental brasileira.


O show de abertura fica por conta dos instrumentistas Deivid Santos e André Batiston, que propõem uma apresentação intimista, trazendo toda harmonia e profundidade sonora com seus violões, com um repertório de compositores do Brasil e do Mundo.


E ainda tem parceria com a Lavanda Cultural, que traz para a programação a apresentação do Araçá Quarteto, grupo de música instrumental brasileira com raízes no Choro, formado pelos instrumentistas Flávio Danza (cavaco) Jorge Viviani (violão), Leo Brasileiro (pandeiro) e Leonardo de Faria (flauta), que apresentarão um repertório selecionado com suas composições autorais, além de obras de importantes compositores do gênero.


“Este é um projeto que temos muita alegria em produzir desde 2016, e é um privilégio receber nesta edição o Pablo Lapidusas, músico de exímia qualidade, tanto na área acadêmica quanto artística, com participações em importantes festivais do Brasil e em diversas partes do mundo. Além dos nossos amigos do Araçá, Duvalle, Deivid Santos e Batiston, que são instrumentistas excepcionais, com um importante trabalho para promoção da música instrumental na nossa região. Temos certeza que será um momento muito especial e que o público irá se surpreender”, comenta o curador Eduardo Sueitt.


A ação é um convite para toda família, poços-caldenses, turistas e amantes da música de boa qualidade levarem cangas, cestas de piqueniques, coolers, para aproveitarem a tarde de domingo no parque.


Mas vale dizer que, em caso de chuva, a ação será realizada no Sesc Poços de Caldas, localizado na Rua Paraná, 229, Centro.


O Instrumental no Parque é uma realização da Carvalho Agência Cultural, com produção de Chiara Carvalho e Alyson Dias, viabilizada através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, contando com o apoio institucional e patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura / Prefeitura de Poços de Caldas, incentivo cultural da empresa Unimed e apoio do Sesc Poços de Caldas. Nesta edição conta também com a parceria da Lavanda Cultural, responsável pela apresentação do Araçá Quarteto, que tem produção assinada por Bibi Rodriguez e Dani Alvisi.


Para saber mais acompanhe as redes sociais @instrumentalnoparque @carvalhoagenciacultural @lavandacultural.


MAIS SOBRE AS ATRAÇÕES:

- Pablo Lapidusas

Pianista, compositor, produtor e Professor (Argentina/Brasil), bacharel em música pela  Unicamp e com mestrado em Performance Jazzística na Escola Superior de Música de Lisboa. Lançou 6 álbuns -"Ouriço”(2008), "Estrangeiro” (2013), "Live in Johannesburg" (2015), "Bora"(2018), "Ombligo"(2021), "Zambujeira" (2021) e um Songbook (Pianoworks I) com suas composições. Colaborou com inúmeros artistas (Hermeto Pascoal, I Musici di Montreal, Marcelo D2, Cesar Camargo Mariano, Edu Lobo, Jaques Morelembaum, Hamilton de Holanda, Marcus Wyatt, Carlos Malta, Eugene Friesen, Ehud Ettun, Zezé Motta, Wanda Sá, Quarteto em Cy, Gabriel Grossi, Victor Biglione, Maria João, entre muitos outros), em gravações, especiais para a TV/Rádio e Tours em mais de 30 países. Em 2021, Pablo recebeu o "Prêmio Profissionais da Música" na categoria trilha sonora, pela Música da série "Herdeiros de Saramago", da RTP.  Além de performer e produtor, Pablo tem uma intensa agenda de professor, ministrando aulas, workshops e Masterclasses em Portugal, Brasil, EUA, Israel e Índia.


- Eduardo Sueitt

Eduardo Sueitt é doutorando em música pela Unicamp, mestre em música pela mesma universidade, bacharel em bateria e licenciado em música pela Faculdade de Música Carlos Gomes (São Paulo), e formado em bateria pelo Conservatório de Tatuí. Já dividiu palcos e gravações com André Marques, Heraldo do Monte, Renato Braz, Ivânia Catarina, Paulinho Pedra Azul, Wolf Borges, Enéias Xavier, Mariana Zwarg, Fabio Gouvea, Fábio Leal, Alessandro Penezzi, Rodreigo Ursaia, entre outros. Em 2015 lançou seu primeiro CD intitulado Eduardo Sueitt Quinteto "Enlevo dos Pinhais”, e dois anos mais tarde foi consagrado como um dos vencedores do XVII Prêmio BDMG Instrumental. Em shows e masterclasses dentro e fora do Brasil, destacam-se Instrumental Sesc Brasil com Eduardo Sueitt Quinteto convida André Marques (São Paulo/2017); 12º Encuentro Internacional de Musicos Jazz a la Cale com Eduardo Sueitt & Grupo (Uruguai/2019); 1er Ciclo de Ritmos y Bateria Brasileña en Projazz Instituto Profesional (Chile/2019); Master Class Ritmos Brasileños na Universidad UNIACC (Chile/2019); Clínica de Bateria Brasileña en Semana Humboldt Jazz (Equador/2020); Master Class com o grupo Jazçur na Universidad de las Americas (Equador/2022). Eduardo Sueitt é o idealizador do projeto Música Instrumental no Parque (Poços de Caldas) desde 2016. Atuou como coordenador e professor da sala de bateria no Festival Internacional de Música em Casa (FIMUCA- Brasil/2020). Integrou a equipe da MIA - Mostra Integrada de Artes, sendo responsável pela curadoria musical (2019). Atualmente o músico integra o grupo Jazçur, projeto que reúne músicos sul-americanos (Equador, Argentina, Bolívia e Brasil) para produção de música instrumental, que em 2022 lançou o primeiro álbum homônimo; atua como Professor no curso de Licenciatura em Música na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e Conservatório Musical Antonio Ferrucio Viviani em Poços de Caldas.


- Raphael Du Valle

O baixista mineiro Raphael du Valle, começou sua vida como baixista aos 10 anos de idade e nesses 30 anos que se passaram nunca mais parou. Tocou por todo país, atuou como professor, ministrou workshops, gravou em estúdio e empreendeu na música. Em 2006 escreveu seu primeiro ebook intitulado Grooves e Afins. Em 2007, criou a primeira escola online de contrabaixo do Brasil, o ToqueMaisBaixo, e nesses 16 anos já lecionou para mais de 4.000 alunos do Brasil e de outras partes do mundo. Possui 3 discos solos gravados onde atua como baixista, produtor e compositor e também já gravou e tocou com uma pluralidade de músicos como: Anthony King (EUA), Wolf Borges (MG), Claudio Nucci (RJ), Leila Pinheiro (RJ), Rasgacêro (MG), Ryan Saranich (EUA), Gabriel Guerra (MG), Wilson Sideral (MG), Flavio Landau (MG), Elder Costa (MG), Orquestra Sinfônica de Poços de Caldas (MG), Jazz Sinfônica de SJBV (SP), Renato Teixeira (SP), Irmãs Galvão (SP), Angelo Maximo (SP), Junior Hartung (SP) entre outros. Atualmente, além de comandar o ToqueMaisBaixo como CEO e professor, Duvalle está no comando do canal do ToqueMaisBaixo no Youtube, hoje com mais de 75.000 inscritos e lá faz um trabalho de fomento do contrabaixo, do estudo e da música. Lançou seu 3º disco solo ‘On The Road Again’ no final de 2021 e atualmente está em fase de promoção deste trabalho. Também integra o grupo de música brasileira ‘Boca de Siri’.


- Deivid Santos

Multi-instrumentista, Deivid Santos já esteve ao lado de grandes nomes da música brasileira:  Elimar Santos, Simone Guimarães, Toninho Horta, Juarez Moreira, Sérgio Reis, Fafá de Belém, Elba Ramalho, Sandro Haick, Zé Eduardo Nazário, Leila Pinheiro, Claudio Nucci, Fátima Guedes, Sérgio Santos, Ladston do Nascimento, Tinoco, Jackson Antunes, Inezita Barroso, entre outros. Com a música instrumental participou de vários shows de Jazz e Blues do País. Em 2018 foi um dos finalistas no respeitado festival de música instrumental BDMG Instrumental. Como produtor musical foi responsável pelo disco “Mulher" do grupo “As Bahias e a Cozinha Mineira”, que ganhou repercussão nacional. Atuou também na produção dos artistas: Jucilene Buosi, Wolf Borges, Leila Rosa, Anderson Martins, Nego Moura, Nathália Diniz, Sá Gabriel, entre outros. Atualmente é proprietário do Estúdio de Gravação “DS Estúdio”, professor do Conservatório Musical Antônio Ferruci Viviani de Poços de Caldas e músico freelance, acompanhando vários artistas


- André Batison

Violonista, compositor e educador musical. Entre seus trabalhos mais recentes se destacam o álbum “Na Fé” (com Rodrigo Mendonça e Sonar Ensemble) e o show “Duo Faria-Batiston e a música de Astor Piazzolla” (em duo com o flautista Leonardo Faria). Com a Camerata de Violões de Campinas, foi vencedor do 11o Concurso Internacional de Guitarra Raul Sánchez Clagett de Uruguay, na categoria Ensamble de Guitarras. Em 2020 foi contemplado no Prêmio Funarte RespirArte com o projeto “Quarteto para quarentena: “Ventana”, por André Batiston”. É mestre e bacharel em Música pela Universidade Estadual de Campinas. Atua como professor de violão no Conservatório Musical Antonio Ferrúcio Viviani, de Poços de Caldas (MG), e no Polo do Conservatório de Tatuí, em São José do Rio Pardo (SP).


- Araçá Quarteto

O Araçá Quarteto, grupo de música instrumental brasileira com raízes no Choro, é composto pelos músicos Jorge Viviani (Violão de 7 cordas), Leonardo Faria (Flauta), Flávio Danza (Cavaco) e Leo Brasileiro (Percussão). Seu repertório inclui músicas autorais e composições consagradas da música instrumental brasileira. Com trajetória sólida que começou em 2016, o Araçá Quarteto acumula experiências significativas e tem se dedicado a desenvolver projetos culturais e fortalecer a música instrumental brasileira. Sua atuação inclui uma turnê internacional na Argentina, além de participações nos principais festivais de música instrumental do Brasil, como o 15º Festival ChorandoSemParar em São Carlos/SP e o Minas ao Luar do Sesc Minas Gerais. Recentemente, o grupo foi finalista do prêmio BDMG de Música Instrumental e está preparando seu segundo álbum, com lançamento previsto ainda este ano.


INSTRUMENTAL NO PARQUE

Dia: domingo, 03 de setembro de 2023

Horário: a partir das 14h30

Local: Parque Municipal Antônio Molinari (Av. João Pinheiro / Country Club) 

*Em caso de chuva a ação será realizada no Sesc Poços de Caldas (Rua Paraná, 229, Centro)

Gratuito


24 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page