top of page
Buscar
  • Foto do escritorcarvalhoagenciacultural

Nádia Campos faz show gratuito em Poços de Caldas no domingo

Espetáculo faz parte da turnê Luz Peregrina que percorre várias cidades mineiras



O Espaço Cultural da Urca recebe no próximo domingo (21) a turnê “Luz Peregrina”, da cantora mineira Nádia Campos. O espetáculo, que é gratuito e aberto ao público, será realizado no Teatro Benigno Gaiga, Espaço Cultural da Urca, às 18h. Esta será a sétima apresentação da turnê com a banda completa da artista.


A multiartista Nádia Campos (voz, violão, viola, cuatro venezuelano e percussão) vem acompanhada dos músicos Guilherme Melo (direção musical, arranjos e violão),  Carlinhos Ferreira (percussão), Marcela Nunes (flauta) e Rafael Schimidt (violão), e contará com a participação especial dos músicos André Luís, Fernando Guimarães e João Arruda


O disco foi lançado em 2021, e carrega toda a essência cultural da artista. Cantora e compositora, Nádia nasceu em Belo Horizonte, rodou pela Argentina e Chile e escolheu Poços de Caldas, no Sul de Minas, para morar. Nádia já circulou por várias partes do Brasil, América Latina e Europa por meio da música. Além das trocas culturais, as faixas são frutos dos diversos encontros que acumulou ao longo da vida. 


Nesta semana, o espetáculo chega ao Sul de Minas com apresentações na quinta-feira (18) no tradicional Teatro Municipal de Pouso Alegre e domingo (21) em Poços de Caldas, depois de percorrer vários municípios mineiros, com um show de abertura intimista e especial na pequena São Gonçalo dos Rios da Pedras (distrito de Serro), apresentações em Diamantina e Betim, e em importantes teatros mineiros, como a casa da Ópera em Ouro Preto, considerado o teatro mais antigo da América Latina em funcionamento, e no charmoso Teatro do Centro Cultural Unimed em Belo Horizonte. Em maio, estão previstos shows no Norte de Minas, nas cidades de Montes Claros e Carbonita, encerrando a turnê.


"É uma alegria chegar com a turnê Luz Peregrina em Poços de Caldas, um lugar de tanta gente querida, essa terra sulfurosa e abençoada que sempre recebeu com muito carinho o meu trabalho. Estou muito feliz em fazer esta celebração e partilha no Sul de Minas depois de estar em diferentes cidades mineiras.", comenta a artista.


A circulação foi viabilizada com patrocínio do Grupo Sada, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, que tem a finalidade de apoiar a cultura do Estado, por meio da promoção e execução de projetos artístico-culturais. Também conta com uma série de parcerias em cada uma das cidades da turnê, em Poços de Caldas o apoio é da Prefeitura de Poços de Caldas / Secretaria Municipal de Cultura. A produção geral é da Carvalho Agência Cultural, realização ALUMEIA PRODUÇÕES e Governo de Minas Gerais / Secretaria de Estado de Cultura e de Turismo


SOBRE NÁDIA CAMPOS 


Nádia Campos canta desde os seis anos de idade. Aos nove, já participou do disco infantil “Enrola Bola” do músico Rubinho do Vale e, desde então, dividiu palco com diversos artistas, como Dércio Marques, Doroty Marques, João Bá e Pena Branca.

Em 2021, lançou “Luz Peregrina” , que figurou o terceiro lugar de melhor álbum de música regional de Minas Gerais no Prêmio da Música Mineira pela Rádio Inconfidência. Neste mesmo ano, recebeu o Prêmio da Respirarte da Funarte pelo videoclipe “Canto Guató” , produzido em parceria com Guilherme Melo e foi uma das finalistas do Prêmio Profissionais da Música na categoria melhor intérprete em cultura popular. 

Em 2022 recebeu o prêmio “Mulheres Criativas” da Secult Poços de Caldas e, em 2023, seu videoclipe “Universo em Expansão” também foi selecionado e premiado pela convocatória Energia da Cultura.

Possui outros dois álbuns. “Por que Cantamos” (2008) é inspirado no poema do uruguaio Mario Benedetti, com canções autorais, populares tradicionais e releituras. E seu segundo álbum, de 2013, “Cantigas de Beira Rio”, tem como grande tema as águas: rios, mares e ribeirinhos. A maioria das canções são parcerias com o mestre e amigo João Bá.


FICHA TÉCNICA 

Voz, violão, viola, cuatro venezuelano e percussão: Nádia Campos 

Direção musical, violão e arranjos: Guilherme Melo 

Percussão: Carlinhos Ferreira 

Flauta: Marcela Nunes 

Violão: Rafael Schimidt 

Participações: André Luís, Fernando Guimarães e João Arruda

Produção Executiva: Chiara Carvalho 

Técnico de som: Marcos Vinicius Jardim

Iluminação e cenário: Paulo Tothy

Fotografia: Michelle Veloso

Duração: 90 minutos


SERVIÇO

Turnê Luz Peregrina de Nádia Campos

Data: 21 de abril (domingo)

Horário: 18h

Local: Teatro Benigno Gaiga - Espaço Cultural da Urca (Poços de Caldas)

Entrada gratuita, sujeito à lotação.


Mais informações: www.luzperegrina.com.br

13 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page