top of page
Buscar
  • Foto do escritorcarvalhoagenciacultural

Documentário sobre a Festa de São Benedito estreia nesta segunda no YouTube

Atualizado: 31 de jan. de 2023

Produção inédita reúne histórias cercadas de fé, resistência e persistência

O documentário ‘Festa de São Benedito - Um século de resistência’ (1h20) estará disponível a partir das 20 horas desta segunda-feira (30) no YouTube (www.youtube.com/@festadesaobeneditopc). A produção audiovisual, que tem o apoio do Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais, reúne relatos sobre a manifestação cultural realizada em Poços de Caldas há mais de 100 anos, tendo a sua origem ligada aos escravizados.


“Foram várias entrevistas em diversos dias de gravação, quase 1TB de material bruto, muitas horas na edição e estamos muito felizes com o resultado”, comenta o jornalista Juliano Silva, que assina a direção do documentário, junto à equipe formada por Chiara Carvalho (assistente de direção), Juliano Borges (entrevistas) e Fernando Assis (produção audiovisual).


Entre os mais de 20 personagens ouvidos estão a capitã de Congo Dona Orlanda, o chefe de Caiapó Vitor Caveira, a historiadora Maria José de Souza (Tita), o Embaixador de Terno de Congo Ailton Santana (Mestre Bucha), o jornalista Roberto Tereziano, o capitão de Congo Benedito Luiz da Costa (Seu Ditinho), o secretário de Cultura Gustavo Dutra e o padre José Augusto.


O documentário aborda assuntos como o início do mais antigo e popular festejo do município, a tradição dos Ternos de Congo e Grupos de Caiapós, a participação da mulher, a preservação do patrimônio material e imaterial, o retorno após a pandemia de Covid-19, a continuidade e as próximas gerações, além de mudanças que aconteceram ao longo do tempo, como o formato da festa e a transferência do imóvel que pertencia à Irmandade para a Diocese de Guaxupé.


“São histórias cercadas de fé, dor, alegria, resistência e persistência de centenas de pessoas, principalmente da população afro-brasileira, sendo que algumas podem não ter o reconhecimento que merecem, como é o caso de Herculano de Araújo Cintra, conhecido como Tio Herculano, um ex-escravo que trouxe para Poços uma imagem de São Benedito e que, com a ajuda de outros moradores, construiu a primeira capela em reverência ao santo negro. E hoje, dezenas de anos depois, como a cidade homenageia Herculano?”, questiona Silva.


O projeto do documentário ‘Festa de São Benedito - Um século de resistência’ foi contemplado pelo Edital Culturas Populares e conta com o apoio da Prefeitura de Poços de Caldas, da Associação dos Ternos de Congos e Caiapós de Poços de Caldas, do músico Pedro Cezar e da Banda Macaxeira.


Assista aqui:



9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page